Mostrar mensagens com a etiqueta Coisas da vida. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Coisas da vida. Mostrar todas as mensagens

07 fevereiro, 2017

O blog faz dois anos

No passado dia 2 de Fevereiro o blog fez dois anos, já deveria ter escrito é verdade mas por vezes tenho pouca disponibilidade ou a cabeça não está no sitio certo, adoro escrever sobre tudo um pouco , principalmente pela minha paixão que é a alimentação e o desporto. Não estou a passar uma fase fácil na minha vida como já vos falei num post anterior, mas não vou abandonar aquilo que me da orgulho e gosto em fazer e sem vocês o blog não seria o mesmo. Quero-vos agradecer por continuarem desse lado, e todas as dúvidas que tenham já sabem que estou pronta para vos ajudar no que poder.
Vai ser um ano cheio de coisas boas!!!! 
Beijinho grande a todos!💪





20 janeiro, 2017

Carta de condução

Tenho andado desaparecida, eu sei...mas assim que soube da data de exame de condução "prontes", começou o terror de noites mal dormidas, o sistema nervoso em altas e só pensava no excelente dia em que me calhou dia 13 e ainda por cima sexta-feira! Há 10 anos tentei tirar a carta mas o medo era maior e isso fazia-me desistir, tudo por um trauma de um acidente que tive com o meu irmão. Não conseguia ultrapassar isso, pensei em fazer hipnose ou algo desse género para que pudesse ir tirar a a carta sem receio. Os anos foram passando e fui vendo que realmente a carta faz mesmo falta e no meu caso tendo filhos estava sempre dependente do meu pai ou marido e isso tinha que acabar. Prometi ao meu pai que era desta que iria até ao fim sempre com algum medo claro, mas cada vez que ia a uma aula de condução, fez-me sentir mais orgulhosa de mim mesma e que não era assim tão difícil como imaginava e fui ganhando gosto e esquecendo o trauma que tinha. E assim foi aos 31 anos finalmente tenho a carta, custou um pouco o dia de exame é um ambiente pesado e só a voz do examinador faz-nos tremer com medo de fazer asneira, mas o que interessa é que já está agora durante três anitos tenho que me portar muito bem. E claro quem tira a carta quer um carro e eu não fui exceção, no dia seguinte, fui logo dar uma volta pelos stands a procura do meu carro de sonho, o mini cooper ainda fui ver outros mas era mesmo aquele e não se falava mais no assunto (quando meto uma coisa na cabeça, tem que ser e pronto) feitiozinho! ehehhehhe
Não tenham medo, vão em frente tentem controlar ao máximo os nervos que são eles que dão cabo de tudo, e tudo se torna mais fácil.
Para a semana volto em força com novos posts.


Esta é a cara que o meu marido faz quando vou eu a conduzir, está sempre tudo mal e ele faz muito melhor!!! 

30 dezembro, 2016

Finalmente adeus 2016

Levamos o ano todo a portar-nos bem, chega a última semana é a desgraça total! O Natal já passou e aproxima-se o fim de ano, o fim de um ano que em muitos aspectos foi terrível.
Por isso meninas e meninos, senhoras e senhores, trago-vos aqui, A LOUCURA TOTAL....mas com limites, obviamente temos que nos divertir, e claramente que todos nós acabamos por cometer excessos, por isso e em primeiro lugar.
Todos nós já ouvimos falar de segredos para acalmar aquela estranha sensação que normalmente vem com as bebidas, pois bem, um dos melhores truques que por ai andam é......não bebam...não, é mesmo o beberem um copo de agua por cada bebida, mas não é beberem cinco bebidas e depois bebem cinco copos de agua, lógico que não, bebe um e depois o outro e assim sucessivamente.
Claro que também terão que comer, mas lembrem-se que excessos pagam-se sempre caro, por isso tenham em mente que devem cometer os excessos, mas sempre com pés e cabeça.
Comer doces é normal para a quadra no entanto, se optarem por encher um prato de sobremesa e não comerem mais doces (nessa noite) ficarão saciados e apesar do excesso , não ultrapassaram assim tanto a barreira. Para acordarmos bem dispostos e com energia no primeiro dia do ano deixo aqui algumas dicas para a noite anterior:


#1 Bebam bastante água
Um deles e a desidratação: O álcool "suga" água do sangue e tecidos do organismo, a qual precisa então ser reposta. Daí a sede da ressaca. 

#2 Evitem a cafeína 
Nessas horas, não se recomenda o consumo de café; pois esse possui ação diurética, levando a aumento da desidratação.

#3 Comam bem antes da festa
Beber de estômago vazio é sempre uma má ideia, tenta ter uma refeição rica em hidratos ou fruta para que a absorção do álcool seja lenta;

#4 Não façam mistura de bebidas
Se começam a noite com cerveja fiquem só pela cerveja, e sendo a cerveja diurética preparem se para passarem a noite a visitar a casa de banho!

#5 Bebam com moderação
Evitem ao máximo beberem até cairem, nesse caso já passamos o nosso estado de responsabilidade e consciência;

#6 Agasalhem- se bem
Ninguém gosta de começar o ano com uma valente constipação;

#7 Sejam felizes
Não se esqueçam dos desejos para o novo ano, entrem com o pé direito, dias maus todos nós temos mas é com eles que nos fazem crescer e aprender.
"Preparem-se para o pior, mas esperem sempre o melhor!"




  =AVISO=

CARRO EM CASA...VÃO A PÉ OU DE TÁXI, pois muitos vão beber, e os que não beberem terão alguma dificuldade em estacionarem o carro. 😜😜👮


04 dezembro, 2016

O Herói de Hacksaw Ridge


 Hoje trago-vos uma opinião de um filme que vi recentemente e adorei. Hacksaw Ridge, um filme do Mel Gibson, um filme que não faz parte do meu leque de categorias que me fazem ir ao cinema, mas ouvi falar tão bem dele que decidi arriscar e ir ver.
Como antes disse o filme é realizado por Mel Gibson e retrata uma historia real, a historia de Desmond Doss que decidiu dar uma parte de si na Segunda Guerra Mundial, no entanto como condição não iria pegar numa única arma, assim disse assim fez, tornou-se o primeiro objector de consciência a ingressar nas forças armadas dos Estados Unidos. Decidiu ser socorrista e durante a Segunda Grande guerra salvou cerca de 75 pessoas.
Obviamente que é um filme que mostra muito da guerra e acreditem que irá chocar do mais forte ao mais fraco, o filme mostra o bom (se é que o há), o mau e o horrível da guerra, a perda de amigos, a distância dos que mais amamos, o querer ajudar e não conseguir.

Mas claro, no meio de tanta coisa o filme tocou-me, fez-me pensar naquele horror e ao ponto que alguém pode chegar e tornar-se um verdadeiro herói, esquecendo o próprio instinto de sobrevivência apenas para poder salvar pessoas.
Claro que me tocou, mas não o podemos ir ver de animo leve, temos que ver este filme e entender que boa parte do que ali se passou, aconteceu e que o sofrimento é real. Estragando ligeiramente uma parte do filme em que a personagem principal irá ser ele próprio socorrido e transportado numa maca, aparentemente e na realidade, o realizador não quis colocar no filme o que realmente se passou por achar que ninguém iria acreditar, ao acharem que já seria demais, pois ao que parece "Desmond" ao ser transportado de maca vê um soldado caído e ele sai da maca, arrasta-se até junto do soldado e socorre-o, oferecendo a maca para que ele fosse transportado, durante este processo é atingido a tiro, isto não está no filme e claro que achamos demais, mas faz parte da Biografia deste Herói.
Pensei que só me tinha tocado a mim, mas ao homem da barba rija do meu lado também, após 20 minutos de filme calou-se, no intervalo pouco falava e no final do filme deu para ver que ficou comovido.
Foi de tal forma forte, que vim da sala de cinema de coração partido, comovida, abalada com tudo aquilo, entendo que é um filme, mas toca cá dentro tudo aquilo que vemos durante aquelas duas horas...e sim fez-me chorar. Se estiverem a pensar em ir ao cinema ver este filme não hesitem, vão e preparem-se.

06 setembro, 2016

É na adversidade que se conhece a pessoa

Desde Março que levei uma chapada da vida. Março mostrou-me que podemos passar de um mundo com fundações forjadas aço para um mundo em que á mais pequena brisa tudo pode mudar e fazer-nos sofrer. Carrego um fardo comigo, no entanto é na adversidade que a pessoa se conhece realmente, e no meio de tanta confusão tanta coisa a desabar, consegui a encontrar a força suficiente para me segurar.
Após ter receber a noticia que por pouco ia perdendo o herói da minha vida, aquele pilar, que sempre julguei ser imbatível, que nenhuma doença lhe poderia chegar perto, uma muralha que nada derrubaria, de repente o que de maior ele tem pregou-lhe uma partida, o coração, e derrubou-o.
Precisei de força para lhe dar, precisei todos os dias de uma força que não tinha para me segurar a mim, mas todos os dias lhe tentei e tento dar, com a certeza que tudo se iria compor.

14 março, 2016

Marmitas saudáveis = Fenómeno de outro mundo

Olá a todos! ;)
Quando entramos neste mundo da alimentação saudável e fit, mudamos algumas coisas na nossa alimentação. Organizamos tudo da melhor maneira para que nada falhe, as marmitas são as nossas fies companheiras. No local de trabalho quando chega a hora de comer e todos vão ver o que ali trazes e fazem aquela cara do tipo "Mas que raio é que ela está a comer? Não é normal! ". Este tipo de pensamento e comentários fazem nos sentir como se fossemos de outro planeta, porque a nossa volta só estão a comer comida menos saudável. Isto acontece-me muitas vezes, e gostava de saber se acontece também com vocês, se os vossos colegas ou amigos têm as mesmas reacções.
Sinto-me óptima por ter mudado os meus hábitos, e assim  quero continuar. 
Ainda esta semana irei publicar um post da minha marmita e o que costumo levar.

Bjinhos 
Até breve.

29 fevereiro, 2016

MYPROTEIN FITNESS BLOG AWARD 2016


Olá a todos, foi com enorme surpresa saber que o meu blog foi um dos vencedores na categoria "Melhor Blog de Fitness". Quero agradecer a todos aqueles que me seguem diariamente, ao júri da Myprotein, e aos que votaram em mim. Apesar do blog ter apenas um ano fico feliz por ter bons seguidores e darem valor aquilo que escrevo. Estou mesmo sem palavras para descrever toda a alegria que sinto. Mais uma vez um muito obrigada a todos!!! Um beijinho muito grande com muito carinho para todos vós.

22 fevereiro, 2016

TAG: Liebster Award - Descobrindo Novos Blogues

Olá a todos fui convidada pela Joana Calisto do blog A rapariga do comboio a participar numa TAG. E claro eu aceitei. Espero que gostem;)

Então vamos lá começar:


Regras:

- Escreve 11 fatos sobre ti.
- Responde às perguntas de quem te indicou.
- Indica de 11 a 20 blogs com menos de 200 seguidores.
- Faz 11 perguntas para quem indicares.
- Coloca a imagem que mostra o selo Liebster Awards.
- Link de quem te indicou.



Factos sobre mim:

1. Adoro ler, todos os meses compro um ou dois livros.
2.Tenho um pouco de complexo em ser baixinha (1.56).
3.Por vezes sou muito desastrada.
4.Tenho dois filhos, e adorava ter mais um ou dois.
5.Tenho a mania de consultar o dr.google antes de ir ao médico.
6.Não consigo disfarçar quando estou de mau humor.
7.Por vezes sou um pouco tímida.
8.Adoro fazer desporto.
10.Quando andava na escola odiava estudar, hoje arrependo-me.
11.Tenho medo de conduzir.

Perguntas da Joana Calisto:

1.Há alguma coisa que tenhas medo de não conseguir realizar? O quê?
Tenho medo de não conseguir dar um bom futuro para os meus filhos.

2.Qual a melhor coisa que te poderia acontecer este ano?
Conseguir ter um negócio próprio.

3.Qual o teu maior sonho e em que altura da tua vida pretendes realizá-lo?
Maior sonho...hmmm ser feliz sempre...

4.Que tema consideras o mais difícil de falar ou desenvolver? Porquê?
História fico pasmada quando hoje em dia leio algo acerca de, isto é efeitos ter andado na escola e não ter atenção alguma nos estudos.

5.Criaste o blog com algum objectivo definido?Qual?
Decidi criar o blog para falar de alguns assuntos que por vezes as pessoas desconhecem, ajudar a serem mais saudáveis, e a dar a conhecer a minha pessoa.

6.O que te leva a seguir um blog? E o que te leva a não segui-lo?
Sigo um blog quando tem assuntos do meu interesse e até agora foi raro o blog que visitei que não sigo.

7.Quais são as 5 piores sensações para ti (coisas más)?
Desiludir ou quando me desiludem;
Ver alguém que goste a sofrer;
Ter um ataque de ansiedade;
Ter uma cólica num sítio que não tem casa de banho, ihihihih;

8.O que mudarias no mundo? Já fazes alguma coisa por isso?
Acabaria com a fome, com esta maldita guerra, com as doenças, sei que um mundo perfeito nunca vamos ter, mas que todos lutássemos pelo mesmo já era uma mais valia. Por vezes ajudo aquelas instituições de ajuda alimentar.

9.Se pudesses escolher uma profissão sem olhar a notas, ordenados, saídas e a outros aspectos, qual seria?
Ser militar da GNR.

10.Qual o significado do nome do teu blog?
O nome do blog em português significa Apenas dor e suor, quis um titulo que referencia-se tudo ligado a uma vida activa.

11.Que tipo de publicações gostas mais de ler? E de escrever?
Gosto de ler publicações sobre, moda, maquilhagem, alimentação saudável, fitness, coisas de mãe, ui...tanta coisa.Gosto de escrever acerca de tudo um pouco, assuntos que acho que devo partilhar com quem está do outro lado.


Blogs que vou indicar:
ohshesaidwhat.wordpress.com
jessicasooares.com.br

E as perguntas são:

1.Maior desejo para 2016?
2.Porque decidiste criar o blog?
3.O que mais gostas de fazer nas horas livres?
4.Nunca sais de casa sem ________.
5.Vicio?
6.O que te faz sair do sério?
7.O que odeias na vida?
8.O que adoras na vida?
9.Doce ou Salgado?
10.Algo que mudavas em ti?
11.O maior susto que apanhaste até hoje?

Espero que gostem, quem quiser participar ;)
Bjinhos





13 fevereiro, 2016

Dia dos namorados

Olá a todos, está-se a aproximar o dia em que se celebra o amor, o dia mais romântico do ano, neste dia queremos mostrar o quanto amamos aquela pessoa, esquecer os problemas e viver algumas horas num profundo romance a dois. Pois é, acho que por ter um marido que não é lá muito romântico, não ligo muito a este dia, quase todos os anos passo-o sozinha por ele estar a trabalhar, mas por incrível que pareça este ano ele está em casa. Mau...é estranho, vejo-me preocupada em fazer-lhe alguma surpresa para esse dia! Algo que há muito que não fazemos um ao outro... tá errado, os culpados somos nós, deixamos os problemas do nosso dia a dia atrapalhar ou esquecer por vezes mais momentos a dois. Já lá vão quase 8 anos de relação, não é fácil aguentar o barco mas com muito amor, compreensão e dedicação tudo correrá bem.
Portanto divirtam-se e surpreendam quem mais amam ou admiram. 
A vida sem amor não é nada!!! 


Bjinhos, até breve!!!

17 janeiro, 2016

Um passeio que se revelou assustador

Bem hoje trago-vos aqui uma história de uma tarde de passeio.
Após tanto tempo a ser pressionada pelo meu marido para visitar uma vez mais a “rocha da pena” perto de Benafim lá metemos mochilas as costas e fomos caminho do local.


Este local segundo o Wikipedia tem de altura 479 metro e encontra-se perto de Benafim e Salir no Concelho de Loulé, tem cerca de 2 km de comprimento e lá encontra-se uma gruta que reza a historia, após a conquista de Salir aos Mouros estes fugiram para lá para refugio, sendo a gruta conhecida por “Algar dos Mouros”.
Já lá tinha estado antes no entanto pouco tínhamos visto, pois quando lá estivemos antes já estava perto de anoitecer  e decidimos voltar para trás. Desta vez seria diferente pois íamos com mais tempo, no entanto para ver todo o cantinho da zona não ia ser suficiente.

Chegado ao local, lá foi o viciado em café beber um ao cafezinho que se encontra no sopé daquele género de montanha, só para ganhar forças para a subida, no entanto reparei que vinha um pouco desiludido, e porquê, porque ele perguntou á senhora que estava no café onde se encontrava a gruta, porque da outra vez não a encontrámos, e a senhora disse que não sabia a localização e que ela tinha sido fechada com grades por causa de vandalismo. Pronto já ficou ele com menos 10% de vontade, mas mesmo assim lá fomos caminho a cima até chegar aos 437 metros de altura. Chegados ao topo foi andar ás voltas a ver se encontrávamos a dita cuja, mas nada vimos, fomos tirando várias fotos.



                      

A dada altura bem perto de um amuralhamento ali existente, que nem os historiadores sabem muito bem o propósito dele (aparentemente), sabe-se apenas que remonta á idade do ferro e presume-se que fosse para defesa, no entanto de quê não se sabe. A dada altura o meu marido olhou para a direita e achou algo estranho por entre as arvores, mesmo sem notar nenhum caminho foi até lá. Ao que ao fim de um bocado lá o ouvi grita “Está aqui, encontrei”, e pronto lá encontrou a dita gruta.
Fez uma descida até perto da entrada da gruta, á qual não conseguiu aceder por causa do gradeamento e lá começou a tirar alguma fotos.
Ao fim de pouco tempo lá subiu e saímos dali, fomos até ao amuralhamento, mais umas fotos e de lá saímos.
                                             

                         ( Foram aquelas rochas que chamaram a atenção ao meu marido)


                                               ( A entrada para o Algar dos mouros)



                                       ( Para quem quiser lá ir aqui estão as coordenadas)

                                                           

                                                         (Os caminhos na rocha da pena)

                                                               (Linda paisagem) 

                                (A calmaria que se fazia sentir, tão bem que soube)



Chegados a casa e enquanto via as fotos reparei em algo estranho nas fotos junto da entrada da gruta. Não sou destas coisas, mas que fiquei em pânico fiquei.

                                                                      ( WTF??? )


                                         (Fizemos zoom na foto e é isto que se vê!!!)


Acho que é um belo passeio pela natureza, para relaxar um pouco, mas depois de ver isto...não sei se volto lá!

E vocês voltavam a lá ir?

Bjinhos ;)

30 dezembro, 2015

Adeus 2015

Estamos quase a dizer adeus a 2015, a mais um ano que começou com algumas promessas mas que metade ficaram pelo caminho, ou mais do que metade, como uma delas, no meu caso, que seria tirar a carta de condução. Acho que todos os anos há-de lá estar escrito nas minhas promessas até ter mesmo coragem!
Foi um ano preocupante na saúde tudo se resolveu a seu tempo, foi o ano em que criei o blogue e espero que cresça. De resto foi tudo muito semelhante ao ano anterior, com altos e baixos como todos nós temos. Foi um ano cheio de alegrias e cheio de tristezas, cheio de sorrisos...e discussões. Mas no fundo houve amor assim como espero que haja para 2016. Por isso para todos vós que perdem um pouquinho do vosso tempo para espreitar o blog tenham uma óptima entrada em 2016. E que o pior de 2016 seja o melhor de 2015.

Bjinhos



22 dezembro, 2015

Natal



Sinceramente gostava mais do natal quando era mais novinha, toda a família se juntava, havia uma alegria diferente, era importante estarmos todos juntos, rirmos e recordar alguns momentos caricatos da vida. Fui crescendo e sinceramente se não fosse pelos meus filhos não celebraria o natal, não sei acho-o cada vez mais diferente de há uns anos para trás, é guerras familiares é interesses de prendas, se comprar para um, o outro fica chateado, não gosto muito disso, e por isso mesmo só compro prendas para os mais novos, acho que o importante é estarmos todos juntos e sentirmo-nos bem com a presença de cada um e aproveitar o momento. Quem faz a doçaria cá em casa sou eu, e para ser sincera nesses dias não há dietas, claro que pesa na consciência mas são só dois dias,temos um longo ano pela frente para queimar-mos tudo!

Desejo um feliz natal para vocês e para os vossos, com tudo de bom :)

Até breve,bjs




08 dezembro, 2015

Fim de semana em Lisboa

No mês de Novembro como o meu marido iria estar uma semana de férias e eu queria ir ao Ikea comprar umas coisas cá para casa, fiz-lhe a cabeça para lá ficarmos o fim-de-semana, e claro que consegui!(:
Tenho que vos confessar que não era uma cidade que nos agradasse aos dois, não sei dava ideia de ser uma cidade muito estressante e de muita confusão. Fiz logo a reserva do hotel, deixei os filhotes com as respectivas avós e na madrugada de sexta para sábado lá fomos nós, num fim de semana de aventura e de descoberta a dois. Como eu tenho uma sorte desgraçada, um dente lembrou-se de me doer, mas nada como um bom  analgésico para acalmar a dor.
Andar de metro para mim foi um terror,ele já tinha andado na altura que esteve na tropa, mas eu da primeira vez fiquei branca, não sei,falta de hábito, o barulho que aquilo faz, mas com tanta viagem que fizemos, que o medo passou,  e adorei aquele ritmo.
Andamos bastante a pé, conhecemos algumas coisas, mas outras tantas ficaram para ver, e claro fiquei apaixonada por esta cidade...Basta entrar naquele ritmo e tudo é perfeitamente normal... Prometo voltar brevemente, aproveitar mais a cidade e menos os shopping que são uma loucura!Ou pelo menos as compras ficarão só para um único dia.

Hotel Turim Saldanha onde ficamos











                                                                                       

01 dezembro, 2015

De repente vejo-me nos 30

Dizem que o auge da mulher começa nos intas, espero que seja verdade, porque a única coisa que sinto neste momento é medo, ehehhe...não sei é estranho, acho que ainda não estava preparada, ou ainda não me mentalizei disso. Ainda por cima no dia a seguir de fazer anos, tive que ir tratar de umas coisas, e fui beber café, chegou a minha vez e diz-me a senhora: Bom dia a senhora? SENHORA???? Até ontem chamavam-me menina, nota-se assim tanto???!!!
 Nas fotos vejo como vou envelhecendo, aquela carinha laroca de menina já passou a de mulher, com algumas rugas de expressão, fico aborrecida e o meu homem é que me atura nestes momentos.  E digo-lhe: Estou a ficar velha! Ele ri-se, e diz: não estás nada, tomara muitas estarem assim como tu! Fico derretida claro, mas os homens só dizem coisas boas para não nos magoar. Ao longo dos anos levamos muita chapada e aprendemos muita coisa, começamos a ver a vida de outra forma, e a dar mais valor a certas coisas que noutra idade nos passa aos lado, mas tudo faz parte, não é?
 Mais uma nova fase que ai vem e espero que seja a melhor de todas!!!

Digam-me como foi a vossa chegada aos 30. 




                                                           (a imagem não é minha)     

28 outubro, 2015

Mudar dá trabalho mas é bom

Estava eu naqueles dias que me sentia super aborrecida, em baixo, sem saber o que fazer, quando surgiu o clic de FAZER MUDANÇAS EM CASA!!! Primeira pessoa a falar com o marido claro, até admira agradou-lhe a ideia, e eu claro felicíssima por começar a meter mãos à obra! Orçamentos, matérias de construção, pinturas, móveis, artigos de decoração etc....
Até aqui tudo bem, graças a deus que o meu pai até percebe de obras e afins (mão de obra de borla e feita de boa vontade), mas viver mesmo o momento, de por tudo em caixotes, desmontar tudo olhar a volta e não saberes para onde te virares, tudo sujo, entretanto a máquina da loiça avariou para minha sorte os filhos a andarem de um lado para o outro ou a chamarem, o stress começa a vir a flor da pele.
É tudo muito bonito mas chegamos a pensar onde é que me fui meter... Ir a todo o tipo de lojas de decoração, muita indecisão(há tanta coisa linda por ai)mulher sofre, eheheh, mini discussões com o marido por não estarmos de acordo, mas depois lá me faz a vontade (a mulher ganha sempre)! Já se passaram 2 semanas e as coisas já começam a ficar diferentes, a mobília ainda não chegou toda(desejando de ter tudo pronto) O nervoso miudinho nestes dias sem ginásio não ajuda nada...
  Alguns artigos que comprei:

Conforama e Ikea


13 fevereiro, 2015

Dia dos Namorados

E  ai vem mais um dia dos namorados, aquele maravilhoso dia em que o romantismo anda no ar, nota-se o amor em todo o lado…ou será que não? A verdade é que se olharmos com atenção em qualquer shopping podemos ver do miúdo ao graúdo completamente “á rasca” com o que vai comprar, para no fim recorrerem á derradeira surpresa, aquela que nunca nenhuma mulher está á espera, a flor, um clássico do romantismo, do cavalheirismo e a verdade é que ficamos sempre derretidas ao receber uma, mas também é verdade que estamos sempre á espera da flor e já temos a cara de surpresa tão bem treinada que resulta sempre. Mas falando por mim, adoro receber flores.
Dia dos namorados é também aquele dia em que todo o casal vai jantar fora, procuram sempre o ambiente mais romântico e agradável, que faça as delicias daquele dia dos namorados, mas é neste aspecto que fico com uma duvida, os restaurantes chineses nesse dia estão sempre cheios, porquê? Ouvir música chinesa durante a refeição é bastante romântico não é? Tenho uma ideia para vocês pois já o experimentei, não no dia dos namorados, mas julgo que funciona também, e apesar de parecer a ideia menos romântica, tem um certo nível de surpresa e romantismo e bastante acessível às carteiras desses nossos Don Juans. Juntem estes ingredientes, duas doses de mcdonalds ou algo mais do vosso agrado, uma dose de praia, uma dose cheia de luar e amor q.b. parece um pouco descabido, mas vão ver que vão aproveitar mais o momento por só ali estarem os dois, por a música serem as ondas e o tecto as estrelas.

Desejo-vos assim um feliz dia dos namorados, passem o dia como passarem passem-no com o vosso mais que tudo, e façam vocês desta vez a surpresa, sejam criativas.


11 fevereiro, 2015

A relação da condução e a limpeza do nariz


É uma questão que me atormenta, faz meses, anos talvez, a relação que há entre a condução e a limpeza agressiva das fossas nasais, se não acreditam nisto parem durante meros segundos em qualquer semáforo e vejam esse mito tornar-se real. Conseguem ver de tudo, pessoas que por vezes parecem procurar no interior das suas fossas nasais aquelas moedas que perderam á cerca de cinco anos, como aquele tipo de individuo mais subtil que levemente faz rodar o indicador no interior do nariz como quem faz uma festinha num pequeno hamster para ao mínimo olhar, do condutor que está no carro do lado, passar para uma coçadela na bochecha com o dedo anelar, sim porque ninguém suspeitaria ao olhar para ele e ver o nariz a mexer que ele estaria na limpeza nasal, eu antes pensava que eram actores daquela série antiga “casei com uma feiticeira” mas depressa perdi essa ideia, o nariz mexe quando algo está lá dentro.
E claro há ainda o verdadeiro profissional da matéria, o verdadeiro HARDCORE, o tal individuo que após a sua busca incansável, decide pôr o braço fora do carro e como se trabalhasse o barro faz a “bolinha” para depois sacudir violentamente a mão como se tivesse um insecto a morder-lhe a ponta do dedo.
Eu até acredito que devem haver fotografias tiradas por radares da polícia em que condutores em excesso de velocidade iam não só no acto da condução como no acto da limpeza nasal.
O que me leva á questão, para onde vai aquele produto obtido? Aquele ouro que tanto custou a alguns alcançar por estarem nas profundezas daqueles narizes? Pois é, é só deixar a imaginação fluir e claro, com excepção do individuo profissional na matéria que faz a projecção para fora do veiculo, os restantes guardam o produto no interior dos seus veículos, tipo mealheiro.
Nós não podemos conduzir e utilizar o telemóvel, nem devíamos conduzir e comer, pintar os olhos, pôr batom, ver o que vai pelo facebook porque logicamente pode complicar a condução, apesar de tudo isto ser extremamente apetecível, então porque raio há tantos dedos nos narizes enquanto conduzem?
Já viram o que é alguém vos bater no carro e depois vos dizer, “Olhe desculpe, ia ali com o dedo no nariz e como estava complicado, não deu para tirar de lá o dedo a tempo” e claro estica-vos a mão para um cumprimento que vocês por educação não vão rejeitar…ou talvez não!
Não conduza com o dedo no nariz pela sua segurança e porque ninguém quer apertar essa mão logo a seguir.

Espero que os praticantes desse desporto não me levem a mal, eu entendo, a sério que entendo, quando no rádio não dá nada de jeito, quando não podemos mexer no telemóvel, quando não há nada de interessante para ver á frente que havemos de fazer?.... Experimentem mudar de estação de rádio!!!





09 fevereiro, 2015

Relacionamentos com horários desencontrados

Este mês li na revista Lux Woman um assunto sobre casais desencontrados, onde em parte me revejo neles. Neste momento estou desempregada,claro que a nível financeiro é reduzido,mas aproveitamos todos os bocadinhos que ele está em casa para estarmos juntos ou irmos passear com as crianças. Mas quando estou a trabalhar fica muito complicado por vezes em estarmos juntos ou fazermos planos,
chego ao ponto que me sinto farta, sozinha e fica tudo por fazer à minha espera...mas com o tempo uma pessoa infelizmente vai entrando nesse ritmo e as discussões vão sendo poucas, apesar de que
 de vez em quando, ele envia aquela mensagem maldita a dizer que não sabe a que horas sai de serviço, ainda hoje em dia mesmo passado este anos juntos, ainda fico um pouco pelos cabelos com vontade de matar alguém, e penso logo para mim "mais uma noite que passo sozinha..."Ano novo ou natal é sempre uma incógnita porque não sei se vai estar em casa, se ao menos janta comigo, mas na vida nada é perfeito, se a perfeição existisse as coisas seriam aborrecidas, mas é claro e compreendo que há casais que se separam e não aguentam mais situações assim. O segredo, acho que não há segredo nenhum a não ser lutar todos os dias pela pessoa que amamos e que queremos ter ao nosso lado, tem que haver aceitação da vida profissional de cada um, muita compreensão, namorando por mensagens e não deixar que a relação fique distante e sem interesse.
O que no fundo espero sempre todos os dias e todas as noites, que o espero é que ele volte para casa são e salvo, pois casei-me com um policia que no fundo já estava casado...com a profissão, pois passa mais tempos com ela do que comigo.
Se estão em alguma situação assim, comentem.